Array
(
    [uid] => 8417
    [title] => FLORICULTURA
    [subtitle] => Após participação em três edições da CASA COR ES, o arquiteto Manoel Falcão se viu diante de um desafio para a mostra desse ano: elaborar um ambiente funcional e acolhedor num espaço pequeno (20 m²) e com apenas uma abertura.
Falcão, que se identifica como um arquiteto humanista, assume sua forte tendência para o rústico contemporâneo. E para imprimir esse conceito de forma harmoniosa no espaço, projetou a Floricultura, um ambiente totalmente sensorial cuja essência é proporcionar ao visitante conforto e oportunidade de contemplação.
As flores, consideradas os elementos mais “caros” do projeto, são o ponto alto do espaço e ganham ainda mais vida graças ao senso estético apurado do arquiteto. Outro ponto explorado é uma passarela de mármore Lúmen que, refletido no espelho fixado no texto, remete ao cosmo.  “Quando o microcosmo se torna macrocosmo por uma simples ilusão”, define Manoel Falcão.
    [country] => 31
    [state] => 8
    [city] => 878
    [version] => 2015
    [vote] => 2
)
             
	

FLORICULTURA

Edição CASA COR ESPÍRITO SANTO 2015
Ambiente Manoel Falcão
Foto Felipe Araújo
Após participação em três edições da CASA COR ES, o arquiteto Manoel Falcão se viu diante de um desafio para a mostra desse ano: elaborar um ambiente funcional e acolhedor num espaço pequeno (20 m²) e com apenas uma abertura. Falcão, que se identifica como um arquiteto humanista, assume sua forte tendência para o rústico contemporâneo. E para imprimir esse conceito de forma harmoniosa no espaço, projetou a Floricultura, um ambiente totalmente sensorial cuja essência é proporcionar ao visitante conforto e oportunidade de contemplação. As flores, consideradas os elementos mais “caros” do projeto, são o ponto alto do espaço e ganham ainda mais vida graças ao senso estético apurado do arquiteto. Outro ponto explorado é uma passarela de mármore Lúmen que, refletido no espelho fixado no texto, remete ao cosmo. “Quando o microcosmo se torna macrocosmo por uma simples ilusão”, define Manoel Falcão.

PROJETOS RELACIONADOS