CASA DA MONTANHA

2261

As irmãs Cynara e Karina de Siqueira têm personalidades e talentos complementares. Prova disso é a maestria da sua união na assinatura do projeto Casa da Montanha, uma espécie de porto seguro familiar com 15 anos de história. Originalmente concebida por um renomado arquiteto, a casa precisava de uma reestruturação para acompanhar o novo momento da família. As irmãs se propuseram a trazer contemporaneidade e funcionalidade, respeitando a essência do lar. “Eu gosto do trabalho braçal, de pensar no projeto e resolver as situações, da parte manual propriamente dita da arquitetura”, afirma Karina.

Inicialmente projetada para uma família com crianças, com o passar dos anos os pequenos cresceram, assim como as necessidades familiares se modificaram. “Foi como um projeto que se inicia do básico, como se não houvesse a casa”, conta Cynara. Personalidade e amplitude eram e permaneceram como marcas do projeto, de modo que as profissionais evidenciaram esses dois pontos fortes. “Houve uma ampliação dos quartos, principalmente do casal, em que aproveitamos as varandas e deixamos à mostra o telhado em razão do madeiramento primoroso”, explica ela.

Elemento que dá o tom do projeto, de forma rústica e acolhedora ao mesmo tempo, a madeira é um destaque à parte, principalmente harmonizada com o verde da natureza que envolve a casa. Na varanda gourmet, as irmãs mantiveram a bitola das madeiras, enquanto a antiga sala de estar se tornou um espaço de múltiplas funções, com jogos, home theater e bar. O espaço, em especial, foi pensado seguindo o estilo mineiro e rústico que predomina na estrutura da casa, mas com a pegada de um bar inglês. O lugar é charmoso e imponente, remete ao século XIX, com sua concepção sóbria e tradicional.

As portas sofreram algumas interferências para valorizar a integração de espaços proposta no projeto. Além da porta de entrada principal, foi instalada uma para dar acesso a essa nova parte da casa, integrando a sala com a varanda gourmet. A área da piscina com deck foi adequada com a varanda gourmet, na intenção de unificar as pessoas que estivessem em uma festa ali, por exemplo, já que os moradores têm o hábito de receber. “Buscamos uma linha de modificações que conversasse com o que há de original na casa”, concluem.
Gostou do projeto? Se você ficou interessado em conhecer mais sobre o trabalho da dupla, clique aqui ou na foto abaixo, e confira mais alguns dos projetos assinados por elas.



COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.