RESTAURANTE CASA OLIVA - ARQUITETOS EDUARDO BITTAR E KARLA BITTAR

568

A sensibilidade dos irmãos Eduardo e Karla Bittar, é latente, parece até ter forma. E com toda essa pluralidade, os arquitetos assinaram o projeto do Restaurante Casa Oliva, em Goiânia, resgatando a natureza e o conceito de liberdade para dentro do estabelecimento. “Não tem nada que dê esse aconchego que se dá em um projeto onde se tem natureza, plantas, jardim”, garante Eduardo, se referindo aos mais de 25 metros de jardim instalado em uma parede lateral, além da frondosa oliveira que é o coração do local. Ambos são grandes diferenciais do projeto.

Por todo o restaurante a madeira de demolição se faz presente, desde a porta de entrada, até as mesas e o bar. O salão principal, com pé-direito alto, ganhou um exuberante painel de madeira e ainda recebeu um mobiliário com peças de design nacional e internacional. No lounge de espera os profissionais inseriram poltronas Paulistano, assinadas por Paulo Mendes da Rocha. Já no salão, as cadeiras amarelas Comback, da designer espanhola Patricia Urquiola quebraram a predominância da paleta neutra e do amadeirado no mobiliário. “As cadeiras a gente queria seguir bem essa pegada. E dando um toque de cor, por isso escolhemos o amarelo e o alaranjado das luminárias”, diz Karla.

A arquiteta ainda ressalta a importância do projeto luminotécnico para o restaurante. “A gente percebe que o conforto que a iluminação traz denomina se você vai querer ficar mais tempo, se você se sente mais à vontade, se sente mais relaxado”, enfatiza. Para harmonizar com toda essa atmosfera sensorial, inspirações urbanas foram inseridas pela dupla. Uma espécie de tapete de ladrilhos hidráulicos no piso tornou o espaço mais descontraído. “A intenção era dar essa mistura do concreto que é mais urbano, sabe? Aí você coloca um ladrilho que já tem uma cara mais vintage, aí se dá essa misturada”, explica Eduardo.

A arte também se faz presente no Casa Oliva. Quadros com ilustrações a nanquim, assinadas pela artista Adriana Bittar colaboraram com os ares contemporâneos do restaurante. Desde a fachada, com panos de vidro e cobogós, é possível perceber a jovialidade da decoração proposta pelos profissionais. A interação dos espaços internos com a área externa é um dos pontos altos do projeto. “Eu acho que o grande lance é trazer isso, conectar as pessoas com isso, com esses elementos naturais dentro de um espaço fechado”, conjectura Karla.

Gostou do projeto? Se você ficou interessado em conhecer mais sobre o trabalho dos arquitetos Eduardo e Karla Bittar, clique aqui e confira mais alguns dos projetos assinados pela dupla.   






PRODUZIDO POR ANUAL DESIGN FILMES


 


COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.