GEORGE ZARDO

Tanto em seus pratos como em seus projetos arquitetônicos, George Zardo opta por elementos naturais e pelo uso das cores.

FORMAÇÃO:
Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília (UnB).

ÁREA DE ATUAÇÃO:
Arquitetura e interiores comercial e residencial em Brasília e outros estados.

George Zardo, um dos profissionais no mercado de arquitetura e design de interiores mais requisitados de Brasília, possui uma grande paixão: a gastronomia. Além de experimentar com formas e funções na arquitetura, ele brinca com sabores e texturas na cozinha.


 
 
É o hobby é levado a sério. Em 2011 ele terminou o curso de Gastronomia no Centro Universitário IESB (foto 3) e, agora, a próxima etapa é repetir os passos de Bob Spitz no livro Aprendiz de Cozinheiro (foto 7) e cozinhar na França e na Itália durante um mês.

 


Tanto em seus pratos como em seus projetos arquitetônicos, George Zardo opta por elementos naturais e pelo uso das cores. Autointitulado colorista por natureza, ele se encanta diariamente com os traços aleatoriamente harmoniosos e perfeitos que nascem da terra. Os ipês de Brasília, de acordo com o arquiteto, são um oásis em meio aos belos edifícios modernos da capital federal. Este arquiteto, perfeccionista que é, encara diariamente o desafio de traduzir integralmente os desejos de seus clientes e materializá-los nas mais belas formas da arquitetura. Ousado, conquistou com seu trabalho um status admirável na cidade através dos projetos que assina.







Apreciador e pesquisador da arte, o que o ajuda a compor ambientações únicas e sensíveis, acompanha há anos produções na área durante as viagens que faz sozinho,com a esposa  ou com toda família.




No teatro, O Fantasma da Ópera o emocionou bastante quando assistiu pela primeira vez, em 1998.
Nas artes plásticas, Gustav Klimt é lembrado com carinho, pois é um artista que Julia, sua filha, estudan-te de arquitetura, também adora.





Na pintura, Carlos Araújo e Gonçalo Ivo, ambos brasileiros, são sonhos de consumo de Zardo.Quando o assunto é cinema, o conhecimento do profissional é vasto e eclético, e a estética e o humor característi-cos de Tim Burton dividem espaço com as obras insuperáveis do mestre Hitchcock e com as comédias de Jerry Lewis, que tanto gostava na infância. O filme de cabeceira, no entanto, é o clássico Blade Runner,dirigido em 1982 por Ridley Scott e protagonizado Harrison Ford. Segundo George, a música do filme é maravilhosa e a arquitetura de ficção é primorosa.

 

Já na arquitetura e no design, dois grandes ícones inspiram Zardo. O primeiro é Frank Loyd Wright, admiração que o acompanha desde os tempos da faculdade. Ele é um apaixonado pelo projeto “Fallingwater House”. Admira o espanhol Antoni Gaudí, que é para ele uma eterna criança a fazer arquitetura, com projetos lúdicos e únicos. 

 


Tadao Ando e Zaha Hadid são também nomes reverenciados por ele. No design, nomes brasileiros não ficam de fora desta lista: Sergio Rodrigues, com sua obra fantástica e ainda atual, e os geniais irmãos Humberto e Fernando Campana. Seu recente trabalho no Café de L’Horloge, no Museu D’Orsay, está entre os prediletos do arquiteto.



Endereço: SCLS 410 Bloco B, Loja 34, Asa Sul - Brasília-DF.

Telefone: (61) 3244 5624

Celular: (61) 32445 101

Email: dizardo@dizardo.com.br

ENVIAR MENSAGEM / OBTER CONTATO