Casa de Carapicuíba

Um espaço para morar e trabalhar, mas que uma atividade não interferisse diretamente na outra. Esse era o desejo dos proprietários ...

Um espaço para morar e trabalhar, mas que uma atividade não interferisse diretamente na outra. Esse era o desejo dos proprietários da Casa de Carapicuíba. A solução encontrada pela dupla Angelo Bucci e Álvaro Puntoni foi contrapor um volume suspenso por dois apoios, aparentemente isolado do restante da estrutura da residência. O design segue a chamada Escola Paulista que incorpora recuos laterais aos pátios longitudinais.
 
Mas as empenas laterais de Bucci e Puntoni são utilizadas para organizar o desnível do terreno, com seis metros da rua ao ponto mais baixo. A impressão que se tem é de uma cota da cidade, um ar urbano, mesmo dentro de um condomínio. O piso configura-se em passarelas e plataformas, como se desaparecesse no vazio, criando uma situação mais rica e interessante.
 
Os desníveis criados que poderiam dar a falsa impressão de ambiente fechado. Porém, em dias ensolarados a residência mostra-se cheia de luz e graças às empenas e à cota rebaixada, a privacidade é garantida mesmo numa moradia envidraçada. A piscina está implantada no piso mais baixo, na mesma cota dos quartos. E no centro do volume, a escada de acesso ao escritório divide espaço com a copa e o sanitário. Integrada, mas independente, assim pode ser definida a casa de Carapicuíba.
 
Ficha técnica:
Localização: Carapicuíba - São Paulo
Área: 300 m² construída - 450 m² total
Número de pavimentos: 3
Ano: 2003/2007
Projeto de Arquitetura: Angelo Bucci e Alvaro Puntoni
Fotos: Nelson Kon e Leonardo Finotti

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.