Curitiba é finalista para Capital Mundial de Design 2018

A capital paranaense concorre com a Cidade do México pelo título de 2018.

Sexta, 31 de julho de 2015

A cada dois anos, o Conselho Internacional de Sociedades de Design Industrial (International Council of Societies of Industrial Design) – ICSID escolhe uma cidade dentre seus mais de 50 países membros como “Capital Mundial do Design”.
O ICSID divulgou nesta semana as cidades finalistas para receber o título de Capital Mundial do Design em 2018. Entre a capital paranaense, Curitiba e a Cidade do México, o título será revelado ainda este ano, no dia 18 em Outubro durante a 29ª Assembleia Geral do Icsid, que deverá ocorrer na cidade de Gwangju, na Coréia do Sul.


Jardim Botânico

O título de Capital Mundial do Design é um reconhecimento dado às cidades que aplicam o design como uma ferramenta para melhorar a vida cultural, econômica e social, a fim de tornar os lugares mais atrativos, eficientes e habitáveis. As cidades indicadas são então avaliadas pela Comissão de Seleção do projeto composta por especialistas internacionais nas áreas de design que analisam o planejamento urbano e econômico e o desenvolvimento social.

Mugendi M’Rithaa, presidente do ICSID, reforça a necessidade do vinculo entre soluções inteligentes para a cidade e o design. De acordo com ele “Tanto Curitiba quanto a Cidade do México têm demonstrado inovação e um desenvolvimento orientado pelo design para enfrentar os desafios urbanos e criar um mundo melhor para seus cidadãos”.



A partir da escolha da cidade, a proposta é que a mesma desenvolva e implante um programa internacional, ao longo do ano para qual foi nomeada, voltado à liderança e aplicação criativa do design nos aspectos econômicos, sociais e culturais. Além promover uma visibilidade mundial e um impulso da economia turística, o título agrega inúmeras oportunidades de atração e promoção do design, estimulando a economia criativa ao atrair investimentos.

Como afirma prefeito da cidade paranaense Gustavo Fuet “Nos últimos 50 anos Curitiba tem liderado projetos relacionados a planejamento urbano, mobilidade e design, assim como nas áreas de conservação do meio ambiente, sustentabilidade e qualidade de vida. A cidade já começa a se consolidar como um polo de design, conectando os vários segmentos relacionados ao setor para desenvolver projetos inovadores que tornem a cidade mais humana e sustentável, trazendo incremento à economia melhorando a vida dos cidadãos”.


Museu Oscar Niemeyer

A Diretora Executiva do Centro Brasil Design, Letícia Castro, ainda completa “A cidade tem potencial para ser vencedora. Com isso, Curitiba vai atrair investimentos e pessoas criativas, além da visibilidade como centro de inovação”.


Memorial Ucraniano

É a primeira vez que uma cidade brasileira alcança tal posição, em edições anteriores, o título pertenceu à Helsinque, na Finlândia (2012), Cidade do Cabo, na África do Sul (2014) e para o próximo ano, 2016, a cidade eleita foi Taipei, em Taiwan.

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.