A POESIA DO DESIGN

Carlos Drummond de Andrade traduz de forma genial o mais importante na arquitetura e no design: a Vida.

Quinta, 31 de julho de 2014
Por puro acaso, hoje chegou  nas minhas mãos um texto do Mestre Drummond.
Muito mais que um artista da palavras, ele como um grande gênio, sabia da importância do simples. Sabia que a Vida mostra sua cara nas brechas, no arranhão do piso e  na mancha do café .
Este texto me fez lembrar de um amigo querido: o arquiteto Marcos Simão. Há uns 10 anos,  em uma mostra de decoração fez questão de que a cama ficasse sempre desarrumada pois, segundo ele,  "ali estava a Vida" do seu ambiente.
Agradeço ao acaso, o presente deste texto. Tenho certeza que a Vida mora lá também .




Casa Arrumada - Carlos Drummond de Andrade


Casa arrumada é assim:
Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: Aqui tem vida...
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,
passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos...
Netos, pros vizinhos...
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia. Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.
Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.

------------------------------------------------------------------------------------------
​nota: após a publicação deste post, recebemos varios emails alegando que a autoria deste poema não é de Carlos Drummond de Andrade.  
Caso você tenha alguma fonte segura associando este texto a algum outro autor, colabore conosco  publicando a fonte de pesquisa abaixo nos campo de  comentários.


COMENTÁRIOS

Maryana Pinto 27/06/2014 08h15

Jean, Deliciosa lembrança a sua em relação ao Marquinhos, um amigo querido e muito especial. No entanto, o texto não é do Drummond e sim de uma escritora chamada Lena Gino. Apesar da construção do texto ser muito similar a do poeta, a escritora e blogueira reinvindica a autoria de seu texto desde 2011. A internet as vezes nos prega peças, muitos textos são atribuidos a pessoas com mais "gabarito", né? Eu me divirto quando vejo isso acontecer... se fosse a Lena Gino morreria de orgulho. Um abraço carinhoso. Continue nos mantendo nutridas de boas informações (e lembranças amadas), Mary

Cristina Dourado 28/03/2014 15h13

Não só amei o texto do Drummomd, como também a sua introdução, onde vc fala do Marcos Simão, que por um "acaso", foi o arquiteto que, junto com a Florena Castellar, projetaram meu apartamento e, posteriormente se tornaram nossos amigos.

Fernanda Zanella 26/03/2014 19h01

Até gosto da casa arrumada com o cheiro especial de limpeza que gosto mas sem neuras Jean , sempre pronta para estar com filhos,amigos, gente; porque uma casa sem gente não tem vida.

Rafael Chaves 14/03/2014 18h48

Lembrança linda Jean,,, Marcos Simão incrivel e notável

Magaly Emmerich 27/02/2014 08h25

Me identifiquei muito com a casa arrumadinha,mas principalmente por aquela com vestígios de dança ,cisinha animada enfim com uma casa cheia,de amigos vizinhos,alegrias,vida e liberdade!!!!

Rosi Pael 17/02/2014 17h23

Lindo, amei!!! A vida é exatamente isso!!!

Cris 17/02/2014 16h40

Simplesmente verdadeiro!!!

Adriana Frausino 15/02/2014 10h16

Ai que lindo Jean! 😍 fez meu dia melhor por uma lembrança tão gostosa! Beijo grande e aposto que ele também gostou!!!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.