PRANCHAS PARA MENINAS

Para curtir o verão, mas sem perder o estilo, a Farm lança linha de pranchas de surf, stand up padle e shapes com delicadas estampas florais.

Domingo, 02 de fevereiro de 2014
Cada vez mais o surf deixa de ser um esporte masculino. Enquanto no final dos anos 1970 e início dos 1980, o estereótipo do surfista que inspirou canções como Menino do Rio era ligado, única e exclusivamente, a homens que praticavam o esporte, o papel das mocinhas à época limitava-se a acompanhar da beira da praia o que estava acontecendo na água.



Quatro décadas depois, este cenário já não é mais o mesmo. Hoje, as boarders femininas, sejam elas no skate, no surf ou no badalado stand up paddle, estão cada vez mais presente nas praias dos quatro cantos e, diga-se de passagem, estão roubando a cena. Um notório exemplo é Maya Gabeira, filha do figuraça Fernando Gabeira, considerada atualmente uma das maiores big riders (surfistas de ondas de grande porte) do mundo. Foi ela que sofreu um grave acidente, em outubro de 2013, ao surfar uma onda gigante na praia do norte de Nazaré, em Portugal.



De olho nesse crescente e cativo público, várias marcas começaram a desenhar surf wear para cair na água com uma pegada bem feminina, já outras, como a carioca Farm, foram além. Mesmo não sendo uma empresa exclusivamente voltada para roupas e acessórios de surf, a Farm desenvolveu uma linha de pranchas e shapes exclusivamente para as garotas. Os modelos receberam as características estampas e cores da marca e são encontrados tanto nas lojas físicas quanto na loja virtual da marca. Os preços variam de R$379 (os shapes, sem rolamentos e rodinhas) a R$4.209 (pranchas de stand up paddle).





Com certeza, um charme a mais para qualquer verão, outono, inverno...

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.