CRIATIVIDADE ESTAMPADA

Capas de revistas viram matéria-prima para o trabalho colorido e instigante de Ana Strumpf.

Domingo, 20 de outubro de 2013
Ana Strumpf está sempre com seu radar ligado. Bastante visual, a paulista que mora hoje em Nova York viu nas capas de revistas Vogue, Bazaar, ID, e várias outras publicações de moda, um material rico para suas criações. Assim nasceu o projeto Re.Cover, que tornou-se a concretização do princípio que permeia todo o trabalho de Strumpf, uma estilista que adora design e decoração: a arte de recriar, revisitar, recompor.







Em um momento em que as publicações impressas passam por uma forte crise, a artista brinca com a resignificação desses produtos, que geralmente acabam descartados na lata de lixo. Cada capa é única e recebem ilustrações feitas com canetas sharpie e DecoColor. O trabalho foi muito bem recebido pelo público e pela crítica e originou uma exposição em São Paulo, durante a qual algumas capas foram vendidas. As restantes, estão à venda no site da Galeria Nacional.









COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.