CUBO DE CONCRETO

Na Residência Mirante do Horto, Flavio Castro trabalhou com texturas, transparência e volumetria em um partido arquitetônico claro.

Sábado, 14 de setembro de 2013
Partindo da premissa básica de máximo aproveitamento de um terreno estreito para um enorme programa de usos, Flavio Castro projetou uma residência que segue a estratégia de localizar programas específicos, como o home theater e a cozinha, e a circulação vertical (escada) de maneira que os demais recintos fossem flexíveis e amplos, tirando partido da estrutura, volumetria e iluminação natural.



Localizada em São Paulo, a  Residência Mirante do Horto foi feita com dois enormes balanços direcionados para as fachadas frontal e posterior que ressaltam a idéia principal do projeto: apoiar um cubo de concreto em duas vigas metálicas.





Este partido arquitetônico mostra o intervalo entre embasamento (pavimento da garagem) e o cubo (pavimento térreo, superior e teto-jardim), que além de sustentar a parte superior, a destaca, conferindo leveza visual e garantindo a iluminação e ventilação de alguns espaços ao lado da garagem.









Além do mirante voltado para a cidade , o teto-jardim da residência contribui com a sustentabilidade da casa, pois auxilia no resfriamento da área imediatamente abaixo mais carente de proteção térmica, os dormitórios.



Elementos escultóricos emergem dessa plataforma de observação, perturbando a ordem. A curva suave e maciça que abriga o depósito de água e o triângulo pontiagudo que cobre a escada de acesso contrastam em diversos valores como cromatismo e formalidade. 

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.