GARIMPO DESIGN

Angela Borsoi dá a dica do incrível Museu do Chiado - Museu de Arte Contemporânea de Lisboa.

Segunda, 08 de abril de 2013
Oi, pessoal!


Para este segundo número da seção ‘Garimpo Design’, resolvi dar uma atenção especial para os viajantes, que passando por Lisboa, nesta época do ano - rumo a Milão /Itália (abril /2013), não devem deixar de visitar o Museu do Chiado -  Museu de Ate Contemporânea. 



Situado no centro histórico (Rua Serpa Pinto, nº4 - Lisboa / Portugal), instalado num convento - desde 1911 e mais recentemente  teve uma reforma sob a batuta do arquiteto francês, Jean-Michel Wimotte.



Apresenta nas linhas gerais, uma arquitetura que respeita o antigo, com seus vestígios históricos, pré-existentes, ‘tangenciando o novo’, com o uso do aço das estruturas metálicas na passarela, escadaria de acesso, balcão de atendimento, painéis, nichos vidros, mobiliário, sistemas de iluminação e suportes para as obras de arte, foram desenhados também pelo arquiteto, que se utilizou de materiais como: pedra, metal e madeiras, bem como uma paleta cromática de tons cinza, para valorizar a pedra azulina polida de Cascais, que reveste o pavimento. No local de exposição, encontra-se uma coleção de arte portuguesa, de 1850 à atualidade, destacando-se  a mais importante coleção nacional portuguesa de arte contemporânea.



Outro local imperdível nesta mesma ocasião, é aproveitar-se da proximidade da belíssima cidade de Veneza e dar uma fugidinha para conhecer, Punta della Dogana , museu em Veneza que teve no comando do projeto de reforma, nada menos do que o ‘Mestre’:  Tadao Ando.  





Propriedade do francês François Pinault, cujo império também inclui Gucci e Yves Saint Laurent e seu acervo possui uma das maiores coleções mundiais de arte contemporânea, com mais de 2.500 obras das quais, 141 foram destinados à coleção permanente do ‘Punta della Dogana’.

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.