NOVO PROJETO DE PAULO MENDES DA ROCHA

Arquiteto assina projeto de reestruturação do novo edifício Sesc 24 de Maio, em São Paulo.

Segunda, 31 de julho de 2017
Os prédios da antiga loja de departamentos Mesbla passaram por uma reestruturação para sediar o novo Sesc 24 de maio. Com inauguração prevista para o dia 19 de agosto, a reforma seguiu sob o comando do arquiteto Paulo Mendes da Rocha, que assina o projeto. Erguido em 1941, o edifício está localizado no coração de São Paulo, próximo ao Teatro Municipal, a Galeria do Rock, a Praça das Artes, o Viaduto do Chá e a Praça da República.


VEJA TAMBEM  O Cais das Artes, no Porto de Vitória, no Espírito Santo, tem a assinatura de Paulo Mendes da Rocha: http://www.anualdesign.com.br/blog/4631/arquitetura-para-arte/

Uma novidade fez a diferença no processo de reestruturação: a compra do edifício anexo, por sugestão do próprio Mendes da Rocha. De acordo com o arquiteto, a medida visava uma organização melhor do prédio principal. Dessa forma, um dos destaques do projeto é o teatro com capacidade para 245 pessoas, construído no subsolo escavado. O espaço ainda conta com um café do lado de fora para abrigar o público.


Pinacoteca de São Paulo, assinada por Paulo Mendes da Rocha: http://www.anualdesign.com.br/blog/3295/a-pinacoteca-de-sao-paulo/
 
Impressiona o número de 14 consultórios odontológicos espalhados pelo edifício, além de uma praça, área convivência, restaurante, sala de leitura, exposições, oficinas, entre outros. Uma das propostas do arquiteto foi organizar os andares por segmentos, de modo que o oitavo e o nono são destinados aos esportes, contendo parede de escalada e aparelhos para ginástica artística e acrobática, e sala de dança.



Confira! O Museu Nacional dos Coches, em Lisboa, também é um projeto de Paulo Mendes da Rocha: http://www.anualdesign.com.br/blog/8950/exposicao-a-ceu-aberto/

No décimo primeiro andar um jardim com espelhos d’água e café convidam ao relaxamento. Em seguida, na cobertura, está a piscina com capacidade para 400 pessoas que faz a diferença se olhada de cima com seu reflexo azulado. Para a construção da mesma nessa altura foi preciso demolir uma antiga cúpula do prédio e inserir quatro pilares de suporte. Algumas outras atrações permanecem em sigilo, mas todas dentro do padrão Sesc. A inauguração será realizada no próximo dia 19 de agosto.

Sobre o arquiteto:

Paulo Mendes da Rocha é formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Mackenzie e um dos principais nomes da produção arquitetônica brasileira. Nascido em Vitória, ES, em 1928, ele já declarou que se criou contemplando a engenhosidade do mundo. Além do Pritzker – que antes dele o único brasileiro a receber foi Oscar Niemeyer –, Mendes da Rocha também foi reconhecido pelo Prêmio do Ministério da Cultura Brasileiro, em 1998, e consecutivamente pelo I e II Prêmio Mies van der Rohe de Arquitetura Latino-Americana, em 1999 e 2000.

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.