O ÚLTIMO DANÇARINO DE MAO

Um garoto de 11 anos é tirado de sua aldeia para estudar balé na escola de dança de Madame Mao em Pequim. Mais tarde, (…)

Domingo, 04 de dezembro de 2011
Um garoto de 11 anos é tirado de sua aldeia para estudar balé na escola de dança de Madame Mao em Pequim. Mais tarde, ele entra para a Companhia Houston de Ballet através de um intercâmbio e passa a viver nos Estados Unidos. Apaixona-se por uma bailarina americana e decide não voltar mais para a China. À primeira vista a sinopse do filme passa uma sensação de deja vu. Mas O Último Dançarino de Mao (Mao's Last Dancer, 2009) é mais que um drama político.
 
 
Baseado no livro autobiográfico Adeus, China:O Último Bailarino de Mao, o filme tem a direção competente de Bruce Beresford, indicado duas vezes ao Oscar, por Conduzindo Miss Daisy e Shine - Brilhante. Ele consegue conduzir a história com sensibilidade e delicadeza, sem resvalar para o melodrama, apoiado pelo protagonista Chi Cao, um excelente dançarino e ator que é filho de dois ex-professores de Li Cunxin. Quem também se destaca é Bruce Greenwood (de Super 8) como o diretor da escola de balé, interpretando um homossexual com o tom exato para o papel.
 

Contam pontos também a produção bem cuidada, com reconstituição de época, boas locações, além da bela fotografia e uma trilha envolvente, pontuada por músicas das peças que o bailarino participou.  O Último Dançarino de Mao foi premiado como Melhor Filme na opinião do público na 33ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

 

 

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.